Como ajudar uma pessoa com dependência química

Como ajudar uma pessoa com dependência química

- maio 20, 2020

O uso de alguma substância química começa de maneira casual, por isso, no começo, o dependente tem dificuldade em entender os prejuízos que a droga pode trazer. Com o tempo, a família tem dificuldade em entender como ajudar uma pessoa com dependência química.

Há diversos tipos de substâncias que são utilizadas e a frequência costuma aumentar com todas, o que vai causar a dependência química. Muitas vezes, o uso da droga está relacionado com a busca por prazer, fugir dos problemas, entre outros motivos.

Nesse processo de mudanças, de movimento, é muito importante que o dependente seja ajudado. O primeiro passo deveria ser ele compreender que está passando por um momento delicado, tendo a vontade de abandonar os seus vícios. Até então, tomar a decisão de que vai transformar a sua vida com o tratamento. Saiba como ajudar:

Empatia

Escutar o dependente químico de maneira reflexiva, procurando acolher e compreender o seu ponto de vista. Ofereça a sua mão com o objetivo de oferecer auxílio.

Agir dessa maneira não quer dizer que está concordando com a dependência, mas sim que entende, que demonstra empatia pelo outro. É muito importante usar fases como “te entendo”. A pessoa tem que perceber que você está do seu lado, procurando ajudar na recuperação sem julgamentos.

Possibilidades

Uma maneira de como ajudar uma pessoa com dependência química é apresentando outras possibilidades para ele. Pergunte sobre o futuro, onde ele quer chegar, quais seus objetivos e ajude a visualizar em que ponto da sua vida ele está.

Dessa maneira, ele entende como está longe de conseguir alcançar os seus objetivos e que tipo de atitude vai precisar tomar para mudar a sua vida.

Sem confrontos

A dependência química é um assunto muito sensível e para lidar com ele, é necessário entender isso. O confronto, discussões, não contribuem para nada. Normalmente, a pessoa não percebe que está precisando de ajuda, pois já perdeu o controle sobre o uso da substância.

A linha entre ter controle ou não é bastante tênue e depois que se ultrapassa, é uma caminhada complicada para voltar ao ponto saudável. Exige paciência, calma, principalmente amor daqueles que estão na sua volta.

É importante procurar chamar o dependente químico para se questionar sobre os seus vícios. Pergunte o que ele pensa sobre o assunto e se coloque a disposição para ajudar a encontrar um plano para mudar os hábitos.

Entenda a resistência

A resistência em encontrar ajuda é natural e a pessoa não reconhece que está precisando de uma intervenção. Pode ser que ela não vá aceitar o tratamento logo de cara ou ainda tenha uma resposta agressiva ao seu comportamento. Assim, é muito importante ter paciência, compreender e ter calma.

Saber como ajudar uma pessoa com dependência química é importante para conseguir ter uma abordagem mais efetiva no oferecimento do tratamento, esperando que haja aceitação do dependente.

A Clínica Grupo de Recuperação conta com um ambiente totalmente acolhedor, com profissionais especializados no tratamento de dependência química.

Compartilhe nas redes sociais